30 de mai de 2012

Liga de quadras 2012: Futsal e Handebol do CEUT confirmados na fase nacional em Goiânia

Fonte: FAEP


A faculdade CEUT confirmou a participação das equipes de Futsal masculino e Handebol feminino na fase nacional da Liga de do Desporto Universitário de quadras 2012, que será realizada de 11 a 16 de Junho na cidade de Goiânia. Equipes do Norte, Nordeste, Sul, Sudeste e Centro Oeste se enfrentam nas modalidades de Futsal, Handebol Voleibol e Basquete. O presidente da FAEP, Jânio Silva, comemora a participação das equipes piauienses no evento nacional.

"É a primeira vez que equipes do Piauí chegam as finais da Liga de quadras. A competição tem um excelente nível técnico e reúne na fase final as oito  melhores equipes de cada modalidade disputadas. Chegar aqui demonstra o quanto nosso esporte universitário evoluiu e que todos o esforços antes somados para seu crescimento valeram a  pena. A faculdade CEUT tem sido ao longo dos oito últimos anos a instituição que mais nos representou em competições nacionais e que mais investiu no esporte universitário. É digno que esse momento seja valorizado. Certamente já está na história do nosso esporte universitário", Avaliou Jânio Silva.


No Futsal masculino a equipe tem intensificado os trabalhos com treinamentos diários e a realização de alguns amistosos, mas o time tem problemas com atletas lesionados. O ala/pivô Pedro Alcântara não se recuperou de um problema no joelho  e não viaja com o grupo para Goiânia. Outro que também enfrenta problemas é o pivô Gilberto, lesionado na virilha. O técnico Zé Ribas espera não ter mais nenhuma baixa no elenco e acredita numa boa participação da equipe.


Na equipe de Handebol feminino o grupo ganha um reforço no comando da equipe. O professor e Educador Físico, João Bosco irá comandar as meninas do CEUT que tem treinado forte, inclusive nos finais de semana para representar bem o estado em Goiânia. Terceira colocada na fase regional da competição, as meninas do CEUT querem ir mais longe e brigar pelo titulo da Liga.

20 de mai de 2012

Corrida de rua: 1ª Volta da Federal


Yara Alves
Assessora de imprensa




A 1ª Volta da Federal acontecerá dia 03 de junho de 2012 com concentração às 16h em frente ao Setor de Esportes da Universidade Federal do Piauí, onde acontecerá a largada às 17h.

A corrida, que terá um percurso de 6 km, será realizada pela turma do 3º período de Educação Física da UFPI, com o intuito de promover a integração entre sociedade e universidade bem como facilitar a prática de atividades esportivas entre pessoas a partir de 18 anos adeptas desta modalidade.

As inscrições estarão abertas até o dia 28 de maio com o valor de R$ 10,00 (dez reais) mais 1 kg de alimento não perecível nos seguintes locais: Complexo da Ponte Estaiada das 17h às 20h e Setor de Esportes da UFPI das 08h às 12h.

No ato da inscrição o competidor deverá levar a cópia de um documento com foto. A abertura do evento acontecerá dia 02 de junho às 16h no auditório do Setor de Esportes da UFPI, onde ocorrerá o congresso técnico, a entrega dos kits aos competidores e coquetel com apresentações artísticas.

A corrida contará com premiação em dinheiro aos três primeiros colocados nas categorias, masculina e feminina, além de medalha de participação aos competidores que concluírem o percurso e sorteio de brindes aos participantes.


2 de mai de 2012

Jogos Indígenas: Competição encerra e UFRR leva troféu de campeã geral

Fonte: FUER

A Universidade Federal de Roraima (UFRR) foi a grande campeã dos I Jogos Universitários Indígenas de Roraima, conquistando 1° e 2° lugares. A equipe UFRR1 fez 505 pontos, enquanto que a UFRR2 marcou 245. O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFRR) conquistou a terceira colocação com 175 pontos.

Seguindo a classificação final, a Faculdade Cathedral ficou em quarto lugar com 56 pontos, a Faculdade Roraimense de Ensino Superior (Fares) em quinto, com 49 pontos, a Universidade Estadual de Roraima (UERR), em sexto com 36 pontos e a Faculdade Estácio/Atual em sétimo lugar, com um ponto.

O Exército, equipe convidada do evento, fez 400 pontos. Mesmo competindo com atletas indígenas, os militares não entram no ranking de colocações por não serem de instituição universitária.

Os I Jogos Universitários Indígenas de Roraima foram uma realização da Federação Universitária de Esportes de Roraima (FUER) em parceria com o Exército Brasileiro/7º Batalhão de Infantaria de Selva (7º BIS).

Participaram da competição 187 indígenas. Eles disputaram modalidades indígenas e não-indígenas como arco e flecha, cabo de guerra, corrida de tora, queda de corpo e futebol society, nos naipes masculino e feminino. Os jogos, que duraram três dias, foram realizados nas dependências do 7º BIS.

José Mario Martins, acadêmico da UFRR, disse que o evento valorizou cultura indígena. “Foi uma ótima iniciativa, pois senti minha cultura e meu povo sendo valorizados. Todos que participaram do evento com certeza levarão toda essa experiência e aprendizado para suas comunidades”, disse.

Na cerimônia de encerramento dos jogos, foi realizada a entrega da premiação para os vencedores e a chama do fogo olímpico foi apagada. Durante a solenidade, o General José Luiz Jaborandy, da 1ª Brigada de Infantaria de Selva, parabenizou a FUER e agradeceu a realização do evento dentro da unidade militar.

“Parabenizo a Fuer por essa iniciativa. Fico feliz por ter esse evento dentro da nossa unidade militar, espero poder continuar com essa parceria que possibilitou a integração dos atletas com nossos homens”, frisou o General Jaborandy.

Já o Coronel Guerra, comandante do 7º BIS, destacou a parceria do Exército com a FUER. “O esporte é uma linguagem universal, se nossa sociedade valorizasse mais o esporte, viveríamos num ambiente muito melhor. Agradeço a oportunidade de fazer essa parceria com a Fuer, que contribuiu para a valorização do esporte e, principalmente, da cultura indígena. Agradeço também a presença de todos, pela disciplina que tiveram no decorrer dos jogos, mostrando interesse e comprometimento”, disse.

Para a presidente da FUER, Elaine Morellato, o evento foi um grande sucesso, pois atingiu seu objetivo e foi realizado dentro do programado. “Estou muito feliz com a realização dos jogos. Quero fazer um agradecimento especial ao Exército que acreditou na ideia e cedeu toda sua estrutura e logística para a realização da competição e espero que no ano que vem possamos dar continuidade e fazer um evento maior ainda”, destacou Elaine.

Workshop – Paralelo aos jogos, foram realizadas clínicas esportivas com profissionais conceituados no cenário esportivo nacional. Ney de Lucca Mecking, presidente da Federação Paranaense de Desportos Universitários (FPDU), ex-técnico da seleção brasileira de judô e doutor em Educação Física pela Academia Federal de Educação Física de Moscou, ministrou clínica de Judô.

Já o árbitro internacional de basquetebol e presidente da Federação de Esportes Universitários do Rio de Janeiro (FEURJ), Rafael Serour, ministrou clínica de basquetebol. Valeska Caixeta, presidente da Federação do Esporte Universitário do Distrito Federal (FESU) e árbitra de futsal, ministrou uma clínica de futsal.

Jânio Silva, presidente da Federação Acadêmica de Esportes Piauiense (FAEP), ministrou palestra sobre a Universíade - 3° maior evento esportivo do mundo.

“Tive ótimas impressões do público local, e mesmo que o tema que ministrei seja desconhecido por muitos, houve o envolvimento de todos que participaram. Em relação aos jogos, achei espetacular a ideia de inserir os povos indígenas universitários no esporte. Sem dúvida, vai contribui para o esporte nacional e isso mostra o grande potencial da FUER”, disse Jânio Silva.

Herleison Brito é praticante de boxe. Ele participou da palestra sobre o Universíades e falou sobre a importância da vinda de profissionais de outros estados. “O workshop foi ótimo e importante para a difusão de conhecimentos. Adorei essa ideia de trazer grandes profissionais do esporte para ministrar as aulas do workshop, tive um grande aprendizado”, frisou.Para a realização de suas atividades, a FUER conta com o apoio do Exército Brasileiro, Confederação Brasileira de Desportos Universitários (CBDU), Governo do Estado de Roraima, Faculdade Cathedral, Roraima Adventures, Aipana Plazza Hotel, SESC, Clínica Neuroscan, Norte Placas, 6° BEC, SAMU, e Jornal Folha de Boa Vista.




2011: Novos desafios, novas vitórias para o esporte universitário do Piauí