28 de out de 2011

JUBS 2011: Piauí pronto para as disputas em Campinas

Fonte: FAEP

O Piauí está confirmado na etapa nacional das Olimpíadas Universitárias JUBS 2011. Sessenta e seis atletas e Quatorze dirigentes serão nossos representantes nas modalidaes de Atletismo, Futsal, Handebol, Judô, Natação, Voleibol e Xadrez, de 04 a 13 de Novembro, em Campinas (SP). De 04 a 07/11, acontecem as disputas das modalidades individuais, e de 09 a 13, modalidades coletivas.

Como em 2010, o chefe da delegação piauiense será Denilson Ribeiro. O Paraense atua no esporte universitário há mais de dez anos, onde foi atleta de Handebol, oficial e chefe de delegação da Federação de Esportes Universitários do Pará - FEUP. Completam o time de oficiais o massagista Carlos Abreu (Carlão), David Queiroz (Advogado), Diego Mota (Fisioterapeuta), Marconni Meneses (Professor) e Karla Rio Lima (Diretora Faep).

Confira o perfil de cada modalidade:

Atletismo: Fernanda Araújo será nossa reprsentante. Em sua melhor fase, a maior medalhista do esporte universitário do Piauí está confiante e promete mais uma vez estar na briga por medalhas.

Futsal: Melhor equipe do futsal universitário do Piauí em 2011, o Instituto Federal do Piauí - IFPI irá para Campinas com uma base formada em casa. Sobre o comando do professor Hélio Queiroz, As equipes masculina e feminina pretendem fazer uma boa campanha em Campinas.

Handebol: No masculino nosso representante será mais uma vez a Faculdade CHRISFAPI de Piripiri. Depois da experiência vivida em 2010 em Blumenau (SC), a equipe manteve a base, contratou um treinador, Augusto Ferro, e investiu nos treinamentos. Para o coordenador Marconni Meneses, a equipe tem grandes chances de passar de fase e surpreender os adversários. No feminino, as meninas da Universidade Estadual do Piauí - UESPI, vão fazer suas estreias em JUBS. Apesar de muitas dificuldades o grupo está confiante.

Judô: Francinaldo Segundo, Samuel Azevedo, Fabieldo Torres, Werton Júnior e Stanley Torres, formam a equipe masculina do Piauí. Os atletas já estiveram outras vezes na competição, conquistaram medalhas e a expectativa é de que possam trazer novas conquistas. Na equipe feminina Luciana Caldas e Marilia Ramos se juntam a estreante Jéssika Santos na luta por medalhas. Luciana e Marilia acumularam experiência em outras participações e esperam um resultado possitivo.

Natação: Na natação Camila Ravenna, medalha de Bronze em 2010, vai em busca de mais medalhas. Junto com ela, Jonatas Oliveira faz sua estréia nos JUBS com boas possibilidades de chegar ao pódio.

Voleibol: No Voleibol a equipe da Universidade Estadual do Piauí pretende colocar o Voleibol do Piauí novamente entre os melhores do país. Depois de três anos, a modalidade volta a ter um representante nos JUBS.

Xadrez: No Xadrez o maior desafio. João Pedro e Luanny Emmanuelly da Universidade Federal de Picos, estreantes em Jubs, vão enfrentar atletas de nivel internacional. Os atletas estão confiantes em uma boa participação.




2 de out de 2011

Brasília entrega candidatura para Universiade 2017


Fonte: Pollyanna Pádua

CBDU entrega candidatura de Brasília para Universiade 2017

O caderno de encargos da candidatura de Brasília à cidade-sede da Universiade 2017 foi entregue, oficialmente, à Federação Internacional do Esporte Universitário (FISU), nesta sexta-feira (30/09). Luciano Cabral, presidente da CBDU e do comitê de candidatura, Célio René, secretário de esportes do Governo do Distrito Federal (GDF), Julio Filgueira, diretor executivo do comitê de candidatura, Enrique Truno, consultor internacional da candidatura Brasília 2017, Roberto Maldonado, diretor financeiro da CBDU, e Ricardo Moura, diretor de relações internacionais da CBDU, compuseram a delegação brasileira na entrega do documento na sede da FISU, em Bruxelas.

Todas as cidades candidatas à Universiade de Inverno e de Verão em 2017 entregaram seus cadernos à FISU. Ricardo Moura discursou sobre os motivos que levaram a CBDU a optar pela cidade de Brasília para candidata à sede da Universiade 2017 e Célio René faltou em nome dos governos estadual e federal do Distrito Federal.

"Nossa avaliação é que a candidatura do Brasil foi muito bem recebida por todos da FISU aumentando ainda mais nossas expectativas. Agora temos algumas semanas para organizar e receber a comissão de avaliação que será fundamental para assegurar as qualidades de Brasília e convencer a FISU que temos condições e capacidade de sediar a Universiade. Após as vistorias teremos mais três semanas de intervalo antes de ser realizado o evento de escolha da sede para a Universiade 2017", destacou Luciano Cabral.


2011: Novos desafios, novas vitórias para o esporte universitário do Piauí